1.      Como será realizado o Processo Seletivo 2019/1?

O Processo Seletivo 2019/1 será realizado por meio de inscrição online, pelo site http://web.ifac.edu.br/processoseletivo.

 

2.      Como poderei efetuar a inscrição no Processo Seletivo 2019/1, se não disponho de equipamento ligado à internet?

Todo o candidato que não dispuser de internet poderá utilizar os computadores disponibilizados nos campi do Instituto Federal do Acre (IFAC), conforme descrito nos Editais 11 e 12, referentes aos processos seletivos para os cursos técnicos integrados e subsequentes, com ingresso em 2019/1.

 

3.      Qual o período de inscrição para o Processo Seletivo 2019/1 do Ifac?

As inscrições para o Processo Seletivo 2019/1 do Ifac serão realizadas de 15 de outubro de 2018 a 04 de janeiro de 2019.

 

4.      Qual o valor da inscrição no Processo Seletivo 2019/1?

As inscrições para o Processo Seletivo 2019/1 são totalmente GRATUITAS.

 

5.      Quem estuda no IFAC paga mensalidade?

NÃO. O Instituto Federal do Acre é uma instituição pública e gratuita, por isso não há cobrança de mensalidade.

 

6.      Como faço para realizar minha inscrição no Processo Seletivo do IFAC?

Para inscrever-se, você deverá acessar o site do IFAC (http://portal.ifac.edu.br), clicar em “Acessar Processo Seletivo 2019.1”, e, posteriormente clicar em “Inscreva-se aqui”.

Na sequência, deverá escolher a modalidade de inscrição (Cursos Técnicos Subsequentes ou Cursos Técnicos Integrados) e realizar seu cadastro no sistema de inscrições.

Posteriormente, volte ao seu email e clique no link enviado pelo sistema para validar seu cadastro.

Feito isso, deverá iniciar o preenchimento do formulário: Dados Obrigatórios; Questionário Socioeconômico; Escolha do Curso e ao final confirmar a inscrição.

Atenção: Você e/ou seus pais ou responsável legalmente investido (no caso de candidato menor de 18 anos não emancipado), é (são) o(os) ÚNICO(S) responsável(eis) pelo correto preenchimento e conferência dos dados no processo de inscrição.

 

7.      Para efetuar a minha inscrição, preciso ter número de CPF?

SIM. Para se inscrever no Processo Seletivo 2019/1, o candidato necessita do número do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

 

8.      O que é necessário para fazer o CPF?

De acordo com a Receita Federal, deve-se procurar uma agência conveniada: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Correios ou Central de Serviço Público de Rio Branco (OCA). Sendo necessários os seguintes documentos:

a) Maiores de 16 anos

·         documento de identificação da pessoa a ser inscrita, que comprove naturalidade, filiação e data de nascimento (Exemplo: carteira de identidade);

·         para brasileiros com idade dos 18 aos 69 anos: título de eleitor, protocolo de inscrição ou qualquer outro documento que comprove o alistamento eleitoral ou documento da Justiça Eleitoral atestando a inexistência da obrigatoriedade do alistamento eleitoral ou outro documento que comprove a não-obrigatoriedade de alistamento eleitoral.

b) Menores de 16 anos, tutelados, curatelados e outras pessoas sujeitas à guarda judicial:

·         documento de identificação da pessoa a ser inscrita, que comprove naturalidade, filiação e data de nascimento (ex: carteira de identidade, certidão de nascimento);

·         documento de identificação de um dos pais, tutor, curador ou responsável pela guarda em virtude de decisão judicial;

·         documento que comprove a tutela, curatela ou responsabilidade pela guarda, conforme o caso, de incapaz ou interdito.

c) Quando a inscrição for solicitada por procurador

·         documentos da pessoa a ser inscrita, de acordo com os itens “a” ou “b” acima;

·         documento de identificação do procurador;

·         documento do procurador que comprove sua inscrição no CPF;

·         instrumento público de procuração, ou instrumento particular com firma reconhecida (quando for lavrado ou tiver firma reconhecida no exterior, o instrumento deve ter sua validade reconhecida por repartição consular brasileira, salvo disposição contrária constante de lei, acordo ou tratado internacional).

d) Quando a inscrição for solicitada por estrangeiro:

·         documento de identificação válido no seu país de origem, ou ainda: RNE/CIE (Registro Nacional de Estrangeiro/Cédula de Identidade de Estrangeiro), ou Passaporte, ou Protocolo RNE em que constem seus dados cadastrais;

·         os documentos de identificação apresentados por estrangeiros não precisam conter filiação, devem ter validade no país de residência e deverão ter tradução juramentada.

 

9.      É possível fazer a inscrição do CPF pela internet?

Nesse caso o solicitante, obrigatoriamente, deve possuir Título de Eleitor. Para mais informações acesse: receita.fazenda.gov.br.

 

10.  Não tenho documento de identificação oficial com foto, o que faço?

O candidato a partir de 14 (quatorze) anos poderá procurar a Agência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) ou sua representação no município onde reside para solicitar a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

 

11.  É possível alterar minha opção de curso após ter feito a inscrição?

SIM. O sistema permite alteração de dados após a inscrição. Caso tenha optado pela reserva de vaga errada ou curso errado, você deverá acessar o sistema de inscrições com o seu USUÁRIO e SENHA e realizar as alterações.

 

12.  Durante a minha inscrição digitei meu nome errado, como faço para alterar?

Acesse o sistema de inscrições com o seu USUÁRIO e SENHA e faça a alteração.

 

13.  Qual o grau de escolaridade a pessoa precisa ter para participar do Processo Seletivo 2019/1?

Para ingresso nos Cursos Técnicos Subsequentes é preciso ter concluído o Ensino Médio. Não há limite de idade. Contudo, para ingressar nos Cursos Técnicos Integrados é preciso ter concluído o Ensino Fundamental e ter menos de 18 anos.

 

14.  Quais os pré-requisitos para ingressar nos Cursos Técnicos Subsequentes do Ifac?

Para se inscrever em dos Cursos Técnicos Subsequentes ao Ensino Médio do IFAC, o candidato deve ter concluído, imprescindivelmente, o Ensino Médio e também comprovar documentalmente esta conclusão no ato da matrícula.

 

15.  O que é um Curso Técnico Subsequente ao Ensino Médio?

O Curso Técnico Subsequente ao Ensino Médio é aquele curso ofertado a quem já concluiu o Ensino Médio e deseja habilitar-se profissionalmente em determinadas áreas técnicas. Os cursos subsequentes ofertados pelo IFAC no Processo Seletivo 2019/1 contam com duração entre um a dois anos.

 

16.  Poderei concorrer a cursos diferentes?

NÃO. O sistema admite a inscrição em apenas um curso.  

 

17.  O que são as Ações Afirmativas/Cotas Sociais?

Ações afirmativas se constituem na adoção de políticas públicas que visem garantir às pessoas que fazem parte de grupos socialmente minoritários, sejam eles étnico-culturais, religiosos, sexuais ou em relação a pessoas com deficiência, a compensação dos desníveis educacionais ocorridos ao longo da história e a possibilidade de acesso ao ensino técnico e ensino superior em instituições públicas.

Desde 2012, o Ifac destina 50% de suas vagas para os alunos oriundos de escolas públicas e autodeclarados pretos, pardos ou indígenas (PPI). Destas vagas, metade está destinada aos candidatos com renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa. As outras 50% das vagas, serão distribuídas da seguinte forma: 5% para pessoas com deficiência e o restante (45%) para Ampla Concorrência.

As vagas não preenchidas pelas Ações Afirmativas/Cotas Sociais, após o esgotamento das listas de espera, serão destinadas aos candidatos inscritos pela Ampla Concorrência.

 

18.  Quando será divulgado o resultado do Processo Seletivo 2019/1?

Resultado preliminar do Processo Seletivo 2019/1: 08/01/2019

Recurso contra o Resultado preliminar do Processo Seletivo 2019/1: 09 e 10/01/2019

Resultado do Recurso contra o resultado preliminar do Processo Seletivo 2019/1: 11/01/2019

Resultado final do Processo Seletivo 2019/1: 11/01/2019

 

19.  Fui aprovado, quando serei chamado?

As chamadas dos aprovados acontecerão nas seguintes datas:

·         Publicação da convocação dos candidatos para matrícula – 1ª CHAMADA: 11/01/2019

·         Publicação da convocação da 2ª CHAMADA – para participação em reunião pública para manifestação de interesse na(s) vaga(s) remanescente(s): 18/01/2019, após as 18h

Atenção: É de inteira responsabilidade do candidato e de seus responsáveis o acompanhamento de todas as chamadas, não podendo alegar desconhecimento das publicações das mesmas.

O cronograma referente ao Processo Seletivo 2019/1 está presente nos seguintes editais:

EDITAL PROEN/IFAC Nº 11, DE 28 DE SETEMBRO DE 2018 (Cursos Técnicos Integrados) e EDITAL PROEN/IFAC Nº 12, DE 28 DE SETEMBRO DE 2018 (Cursos Técnicos Subsequentes).

 

20.  Qual o período de matrícula?

As matrículas ocorrerão nos endereços e horários descritos nos Editais 11/2018 e 12/2018.

Período de matrícula para os candidatos convocados em 1ª CHAMADA: 14 a 17/01/2019.

Período de matrícula para os candidatos convocados em 2ª CHAMADA: 24 e 25/01/2019.

Atenção: Os candidatos convocados e seus pais/responsável legalmente investidos que não efetivarem suas matrículas nos períodos estabelecidos, de acordo com a chamada, independente do motivo, perderão as vagas e outros candidatos serão convocados.

 

21.  Quais documentos devo levar quando for convocado para a matrícula?

·         Para os Cursos Técnicos Subsequentes:

No ato da matrícula, os(as) candidatos(as) deverão apresentar, além de 01 (uma) foto 3×4 recente, os seguintes documentos (original e cópia):

1.      Carteira de Identidade (RG); ou identidade militar expedida pelas forças armadas.

2.      Cadastro de Pessoa Física (CPF);

3.      Certidão de Nascimento ou Casamento;

4.      Título de Eleitor e comprovante de quitação com a Justiça Eleitoral (candidatos maiores de 18 anos);

5.      Certificado de alistamento militar (para candidatos maiores de 18 anos do sexo masculino) ou equivalente;

6.      Comprovante de residência (fatura de água, luz, telefone ou outro documento que comprove o endereço);

7.      Histórico Escolar do Ensino Médio;

8.      Certificado de conclusão do Ensino Médio ou diploma de curso técnico de nível médio.

9.      Os(As) candidatos(as) estrangeiros(as) devem apresentar o Registro Nacional de Estrangeiro (RNE) em substituição ao RG ou Passaporte com visto de estudante, ou outro documento que, por previsão legal, permita que o estrangeiro estude no Brasil.

 

·         Para os Cursos Técnicos Integrados:

No ato da matrícula, os(as) candidatos(as) deverão apresentar, além de 01 (uma) foto 3×4 recente, os seguintes documentos (original e cópia):

1.      Carteira de Identidade (RG); ou identidade militar expedida pelas forças armadas.

2.      Cadastro de Pessoa Física (CPF);

3.      Certidão de Nascimento ou Casamento;

4.      Título de Eleitor e comprovante de quitação com a Justiça Eleitoral (candidatos maiores de 18 anos);

5.      Comprovante de residência (fatura de água, luz, telefone ou outro documento que comprove o endereço);

6.      Histórico Escolar do Ensino Fundamental;

7.      Certificado de conclusão do Ensino Fundamental.

8.      Os (As) candidatos(as) estrangeiros(as) devem apresentar o Registro Nacional de Estrangeiro (RNE) em substituição ao RG ou Passaporte com visto de estudante, ou outro documento que, por previsão legal, permita que o estrangeiro estude no Brasil.

 

 

21.  Não poderei estar presente no período de realização de matrículas. O que faço?

É possível efetivar a sua matrícula via procuração simples (será exigida a apresentação da Carteira de Identidade do procurador, cujo número deverá constar na procuração), e dos documentos requeridos ao candidato para efetivação da matrícula.

 

23.  Consegui uma das vagas destinadas às Ações Afirmativas/Cotas? Que documentos preciso apresentar para efetivar a matrícula no Ifac?

A documentação requerida de cada público da reserva de vagas consta no edital. Acesse a página inicial deste site e procure o ícone Editais. A documentação solicitada em cada caso pode ser apresentada pessoalmente ou por terceiros, em cópias autenticadas em cartório ou em cópias simples acompanhadas dos originais, para autenticação pela Coordenação de Registro Escolar de cada campus.