Voluntários falam sobre experiência durante o JIFAC

Voluntários falam sobre experiência durante o JIFAC

“Participei da torcida, vi o empenho e a garra dos atletas em traçarem seus objetivos. Foi gratificante”. A frase, dita no dia 06 de julho, durante as últimas provas de atletismo do JIFAC 2017, é da voluntária Irla de Oliveira Vidal. Servidora do Ifac, ela que é técnica em Assuntos Educacionais, trabalha na Pró-Reitoria de Extensão (Proex) e durante o evento atuou como voluntária.

Segundo Irla Vidal, estar junto com os alunos do Ifac nas competições foi emocionante. Por acompanhar de perto a atuação dos jovens durante os Jogos, ela conta que todos se envolveram muito com as modalidades, tanto dentro das competições, como nas torcidas.

“Também sou educadora. Fui professora antes de ingressar no Ifac e para mim foi uma honra participar do JIFAC. Fiquei muito feliz com a competição e em ver a união dos alunos na torcida por seus colegas. Sair da rotina de trabalho e participar de uma outra atividade foi maravilhoso. Mesmo sem ser da nossa área, estar no JIFAC foi fortalecedor. Quero muito participar de outros eventos”, contou a servidora.

Acadêmica de Enfermagem da Uninorte, Romilda Moreira dos Santos, também participou do JIFAC 2017 como voluntária. Além dos atendimentos de saúde, a participação foi também na torcida pelos atletas.

“Durante os dias de JIFAC não tivemos nenhuma ocorrência muito grave. Tudo foi muito tranquilo. Foi interessante participar, pois além de ajudar também nos emocionamos com os alunos vencendo as competições. Ficamos muito felizes em poder participar desse momento especial no Ifac”, afirmou Romilda dos Santos.

Texto e fotos: Lisânia Ghisi/DSCOM